07/11/2019 às 19h12min - Atualizada em 07/11/2019 às 19h12min

SÃO LUIZ SAÚDE VENCE LICITAÇÃO PARA PRESTAR ASSISTÊNCIA MÉDICA AOS SERVIDORES PÚBLICOS DE ARARAS, MAS “ATUALIZA” PLANO EM QUASE 62%

A operadora, ligada à Santa Casa de Araras, apresentou a melhor proposta. O plano familiar (enfermaria) passou de R$ 108,04 para R$ 174,41. Servidor optante do plano apartamento irá desembolsar R$ 294,49

- Da redação
SECOM / PMA
Sintap
Conforme matéria publicada pelo site O Independente, no mês de setembro, a Prefeitura de Araras abriu uma licitação (Pregão Presencial 029/2019) para a contratação de empresa especializada na prestação de serviços de assistência médica aos servidores públicos municipais.
 
O São Luiz Saúde e a Unimed Araras participaram do certame, e a primeira foi a vencedora. A operadora, ligada à Santa Casa de Araras, apresentou as melhores propostas para o plano familiar, tanto para enfermaria (R$ 348,83), quanto para apartamento (R$ 491,32).
 
Por lei, a Prefeitura arca com 50% das despesas do plano de enfermaria, e 40% do plano apartamento. Desta forma, o servidor que pagava R$ 108,04 (enfermaria), passará a pagar R$ 174,41.(aumento de 61,95%). Já quem desembolsava R$ 239,90 (apartamento) irá contribuir com R$ 294,79 (aumento de 22,71%).
 
Os novos valores serão descontados na folha de pagamento dos servidores no salário recebido em dezembro, referentes à novembro. Como o novo contrato foi assinado em 18 de outubro, o servidor e a Prefeitura pagarão ainda a diferença dos demais dias do mês de outubro. A diferença a ser descontada do servidor será de R$ 23,79 no plano apartamento, e R$ 28,73 no plano enfermaria.
 
Por telefone, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Araras (Sindsepa), José Raul dos Santos, informou que nesta sexta-feira (8), o sindicato irá se reunir com a Administração para discutir alternativas acerca dos valores fixados pelo São Luiz Saúde.
 
“O convênio precisa explicar como chegou a esses valores. Na prática foi um reajuste pelo qual o servidor não esperava. Além disso, a nossa preocupação é com a qualidade dos serviços oferecidos. Há muito tempo o convênio vem deixando a desejar. Teremos mais médicos atendendo? Haverá investimentos para a realização de exames na cidade? São algumas perguntas que precisam ser respondidas”, declarou o dirigente sindical.
 
Procurado pela reportagem de O Independente para explicar as razões do “reajuste” do novo contrato, o provedor da Santa Casa, Eduardo de Moraes não retornou o contato, e nem indicou alguma pessoa responsável para comentar o assunto até o fechamento e a publicação desta matéria. Uma prática recorrente da instituição.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é favorável à reabertura do comércio em Araras?

32.6%
65.7%
1.7%
FALE COM O INDEPENDENTE
Seja Bem-Vindo(a)!
Através deste canal você pode entrar em contato conosco, sugerir pautas, fazer reclamações, falar em nosso departamento comercial ou cadastrar-se para receber as notícias pelo Whatsapp.