31/05/2019 às 23h02min - Atualizada em 31/05/2019 às 23h02min

VAL E O VÉIO DO LAQUÊ

“Os preconceitos são a razão dos imbecis.” (Voltaire)

Fredo Júnior
Na recente entrevista de Roberto Justus à colunista Mônica Bergamo, da Folha, o empresário e apresentador destilou um pouco mais de sua peculiar arrogância e preconceito.
 
Ao comparar  a ex-presidente Dilma Rousseff a uma faxineira, o dono da versão brasileira de O Aprendiz não desrespeitou a petista. Ele ofendeu a todas as mulheres e profissionais que não fazem parte de sua classe social. “Ela não sabe nem falar, quanto mais presidir um país. Ela é uma piada de mau gosto. Eu não contrataria a Dilma Rousseff para ser faxineira da minha casa, porque acho que ela não entenderia onde precisa limpar, de tão ruim”, declarou Justus.
 
A forma que utilizamos para nos referirmos a uma pessoa diz muito sobre quem somos. Roberto disse muito mais sobre si e o que pensa a respeito de uma faxineira do que o juízo de valor acerca de Dilma, a quem quis ofender com o tom da preconceituosa comparação.
 
A profissão de faxineira é tão digna como qualquer outra. Talvez até mais do que a dele próprio. O ranço de Justus é um exemplo do que de fato pensa a elite brasileira. Ela odeia a possibilidade do pobre freqüentar os mesmos lugares que ela, e pior, olhá-la de igual pra igual.
 
Elite que é objeto de uma primorosa crítica em "Que Horas Ela Volta?", filme de Anna Muylaert e protagonizado pela atuação arrebatadora de Regina Casé, no papel da empregada doméstica Val. Ele trata da quase sempre preconceituosa relação entre patrões e empregados. Coincidentemente assisti no mesmo dia da repercussão sobre a infeliz frase do empresário.
 
Apesar do enorme esforço empregado para negá-lo, o fato é que o conflito de classes existe. E é o responsável pela construção da desigualdade social no país.
 
Quanto ao “véio do laquê”, o horror do Holocausto sofrido por seus antepassados parece não ter sido suficiente para que ele pudesse compreender que todos são iguais.
Link
Fredo Júnior

Fredo Júnior

Caçador de mim...

Leia Também »

Quantas doses da vacina contra a covid-19 (coronavírus) você tomou?

0%
44.4%
55.6%
0%
FALE COM O INDEPENDENTE
Seja Bem-Vindo(a)!
Através deste canal você pode entrar em contato conosco, sugerir pautas, fazer reclamações, falar em nosso departamento comercial ou cadastrar-se para receber as notícias pelo Whatsapp.