06/05/2020 às 19h59min - Atualizada em 06/05/2020 às 22h50min

LUTO: ARARAS PERDE DURO FINARDI

Despachante policial, vereador e presidente da Câmara, Duro foi um dos responsáveis pela instalação da Guarda Mirim e um dos idealizadores da Aehda

Fredo Júnior - Da redação
Arquivo pessoal
Nesta quarta-feira (6), Araras perdeu uma de suas figuras públicas mais conhecidas.

Aos 84 anos, faleceu Dorival Marcel Finardi, o popular Duro Finardi.
 
Nascido em Araras no dia 09 de setembro de 1935, era filho de Regina Simioni e Armando Finardi, e pai de Bárbara, Gabriel, Maurício, Fernando e Michel.
 
Ao lado do amigo capitão Odair dos Santos, foi um dos responsáveis pela instalação da Guarda Mirim na cidade, inserindo meninos e meninas no mercado de  trabalho, além de ter sido um dos idealizadores da Associação de Educação do Homem de Amanhã (Aheda).
 
Despachante policial por mais de 60 anos, Duro também ajudou a escrever a história política da cidade. Em 1976 disputou a prefeitura, mas não foi eleito. Seis anos depois tornou-se vereador pelo PMDB em 1982, exercendo a presidência da Câmara de Vereadores no biênio 1983-1984.
 
O jornalista e empresário Valentim Viola, dono do Opinião Jornal de Araras, recebeu com emoção a notícia do falecimento de Finardi, do qual era muito amigo “É difícil expressar a tristeza que estou sentindo. Duro é um nome importantíssimo na história da cidade. Um homem que esteve ao lado da democracia e do povo”, disse Viola.
 
“Duro Finardi foi um grande entusiasta da comissão local da verdade instituída pela Câmara Municipal. Também foi um democrata durante a ditadura Civil Militar”, comentou o professor Fábio Cressoni.
 
O delegado seccional de Limeira, Antonio Luis Tuckumantel, lamentou a morte do amigo. “Quando eu passei no concurso para investigador, em 1978, vim trabalhar em Araras. Ele (Duro) foi uma das primeiras pessoas que me ofereceram amizade. Uma perda irreparável para a cidade que ele tanto amava”, declarou o delegado.
 
Araras perdeu um filho ilustre. E este jornalista, um amigo muito querido. O conheci ainda menino, através de meu pai. Duro sempre dispensou tempo, respeito e generosidade, atitudes raras nos dias de hoje. Era um dos maiores apoiadores do nosso Grupo do Banzé de Proteção Animal.
 
À sua família, a minha solidariedade e gratidão pela honra de ter sido considerado por ele seu amigo.
 
Algumas pessoas deveriam ser eternas.
 
De acordo com um comunicado da família, o velório será amanhã, quinta-feira (07), no Cemitério Municipal de Araras, das 13h às 15h.

Em razão da pandemia do coronavírus (covid-19), apenas10 pessoas poderão entrar no velório em sistema de revezamento. A família pede ainda que os presentes estejam com máscaras protetoras.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é favorável à reabertura do comércio em Araras?

31.7%
66.8%
1.5%
FALE COM O INDEPENDENTE
Seja Bem-Vindo(a)!
Através deste canal você pode entrar em contato conosco, sugerir pautas, fazer reclamações, falar em nosso departamento comercial ou cadastrar-se para receber as notícias pelo Whatsapp.