09/06/2020 às 19h31min - Atualizada em 09/06/2020 às 19h31min

PAULO GUEDES CONFIRMA PRORROGAÇÃO DO AUXÍLIO EMERGENCIAL POR DOIS MESES

Para o ministro, voucher de R$ 300 é uma medida necessária para "retorno seguro ao trabalho em 60 dias"

- Da redação
GaúchaZH e IstoÉ
GaúchaZH
O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou na manhã desta terça-feira (9), durante a 34ª Reunião do Conselho de Governo, a prorrogação por mais dois meses do auxílio emergencial pago pelo governo em razão da pandemia do coronavírus (covid-19).
 
Serão mais duas parcelas, no valor de R$ 300,00 que serão pagas em julho e agosto. Segundo declarou em reunião ministerial, esse é o período necessário para que haja uma organização do "retorno seguro ao trabalho", seguindo protocolos internacionais. 
 
“O primeiro passo, vamos lançar essa camada de proteção, com a extensão do auxílio emergencial por dois meses, enquanto isso organiza-se a volta, o retorno seguro ao trabalho, dentro dos bons protocolos”, disse Guedes.
 
Segundo ele, o governo espera que "nesses 60 dias haja uma organização de retorno seguro ao trabalho". “Depois entramos em uma fase, finalmente, de decolarmos novamente atravessando as duas ondas. Esse é o desafio”, declarou o ministro.
 
O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, havia informado na semana passada que a eventual prorrogação do auxílio emergencial por mais dois meses elevaria o custo do programa para um valor entre R$ 202 bilhões e R$ 203 bilhões.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é favorável à reabertura do comércio em Araras?

32.3%
65.9%
1.8%
FALE COM O INDEPENDENTE
Seja Bem-Vindo(a)!
Através deste canal você pode entrar em contato conosco, sugerir pautas, fazer reclamações, falar em nosso departamento comercial ou cadastrar-se para receber as notícias pelo Whatsapp.