22/11/2020 às 10h27min - Atualizada em 22/11/2020 às 10h27min

84 MORTOS PELA COVID-19 EM ARARAS

Cidade registra 5.407 infectados; desrespeito às medidas de proteção contribuem para o aumento dos casos

- Da redação
Com informações da Secom/PMA e do SIMI-SP.
SECOM/PMA.
A Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Araras confirmou mais uma morte por coronavírus (covid-19). 

Trata-se de um homem que estava internado e faleceu na noite de sexta-feira (20).
 
Até hoje (22), 84 pessoas perderam as suas vidas para a doença, e 5.407 foram positivadas.
 
Deste total, 5.158 pacientes estão recuperados, 158 em isolamento domiciliar e 7 internadas.- 4 na UTI e 3 na Ala Covid. Outros 34 estão aguardando os resultados de exames, 31 também em isolamento domiciliar e 3 internadas na Ala covid.
 
A faixa etária com maior incidência de casos é a que vai dos 30 aos 39 anos, com 1.211 infectados. Logo em seguida, com 1.122 confirmações estão as pessoas com idade entre 40 e 49 anos. As regiões leste e norte lideram os registros da doença na cidade.
 

FASE
No início do mês de outubro, Araras foi “promovida” para a Fase Verde do Plano São Paulo de retomada econômica. Em agosto, a cidade já havia “saltado” da fase vermelha para a amarela (3) sem passar pela fase 2 (laranja).
 
Os critérios para o cálculo da progressão levam em conta dois fatores. O primeiro é a capacidade do sistema de saúde, com o monitoramento do número de leitos UTI/Covid para cada 100 mil habitantes e a taxa de ocupação desses leitos. O segundo critério é a evolução da pandemia, que calcula os números de casos, internações e óbitos.
 
Na terça-feira (17), o aumento do número de casos de internação por covid-19, fez com que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), prorrogasse a quarentena em todo o estado para até 16 de dezembro.

Médicos de 14 hospitais particulares na cidade de São Paulo já haviam alertado para o aumento de internações por Covid-19. No entanto, o secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn, negou esta informação.

 
DESRESPEITO
A reportagem de O Independente esteve em alguns comércios da cidade e constatou que em alguns deles – inclusive do ramo alimentício - as medidas de distanciamento e a utilização de máscaras não estão sendo cumpridas. 
 
O Independente defende o funcionamento dos estabelecimentos, mas questiona o descaso dos próprios comerciantes, além da falta de fiscalização efetiva por parte do poder público.

Como já publicado pelo site, as aglomerações continuam ocorrendo em Araras. Embora "liberadas com restrições", as atividades religiosas também carecem de um olhar mais apurado. Proibidas por decreto, muitas áreas públicas continuam sendo frequentadas indiscriminadamente.
 
O Centro Esportivo Rui Branco de Miranda, na zona norte, é uma delas. O lugar tem sido literalmente invadido por populares, sem qualquer ação restritiva e fiscalizatória pela Prefeitura.
 
No sábado (21), a taxa de adesão ao isolamento social registrada em Araras pelo Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP) foi de 38%.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você irá tomar a vacina contra a covid-19?

100.0%
0%
0%
FALE COM O INDEPENDENTE
Seja Bem-Vindo(a)!
Através deste canal você pode entrar em contato conosco, sugerir pautas, fazer reclamações, falar em nosso departamento comercial ou cadastrar-se para receber as notícias pelo Whatsapp.