24/02/2021 às 14h34min - Atualizada em 24/02/2021 às 14h34min

Governo de São Paulo restringe a circulação de pessoas à noite a partir desta sexta-feira

Maria Gabriela Córnia
Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo
O governo de São Paulo vai restringir a circulação de pessoas à noite a partir desta sexta-feira, 26, das 23h às 5h, para conter o avanço da pandemia de covid-19 no estado. O anúncio foi feito na manhã de hoje, dia 24.

Pela nova resolução só serão permitidos deslocamentos essenciais - como voltar do trabalho, ir a hospitais ou farmácias - são permitidos. O comércio não essencial precisa fechar neste horário, mesmo que uma região esteja em uma fase da quarentena menos restrita. No período, qualquer aglomeração é proibida. "Tomamos uma série de medidas para que não tivesse aglomerações no período do Carnaval. Acho que grande parte da população respondeu, mas infelizmente, em especial na última semana, vimos um aumento no número de novas internações no estado de São Paulo. 

A determinação atende a uma recomendação expressa do Centro de Contingência do coronavírus para conter a aceleração da pandemia. “A restrição estabelecida é fundamentalmente para evitar eventos e situações onde pessoas participam de aglomerações desnecessárias, multiplicam a contaminação e ampliam a possibilidade de óbitos”, declarou o Governador João Doria. “Hoje, nós estamos pagando um preço caro. Vidas se perderam e estão sendo perdidas em função de aglomerações”, acrescentou.

A nova regra se estende até 14 de março e a Polícia Militar vai fazer a fiscalização, incluindo blitz nas ruas de grandes cidades do estado, focado em verificar principalmente possíveis aglomerações. O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), reforçou que não se trata de um lockdown porque os serviços considerados essenciais, como farmácias e postos de gasolina, podem funcionar.

"Tomamos uma série de medidas para que não tivesse aglomerações no período do Carnaval. Acho que grande parte da população respondeu, mas infelizmente, em especial na última semana, vimos um aumento no número de novas internações no estado de São Paulo. Um aumento de quase 10% no número de novas internações em uma semana. E esse dado é ainda mais dramático quando olha os leitos de UTI", disse Paulo Menezes, coordenador do Centro de Contingência da Covid-19, em entrevista coletiva nesta quarta-feira, 24.

O estado tem um total de 1.990.554 casos confirmados e 58.199 óbitos causados pela covid-19. A taxa de ocupação em leitos de UTI está em 69% em todo o estado e da Grande São Paulo, com 6.657 pacientes internados em terapia intensiva. (Com informações do Portal Exame)
 
Link
Notícias Relacionadas »

Você concorda com as medidas adotadas pelo Poder Público para conter as contaminações da Covid-19 em Araras?

0%
0%
FALE COM O INDEPENDENTE
Seja Bem-Vindo(a)!
Através deste canal você pode entrar em contato conosco, sugerir pautas, fazer reclamações, falar em nosso departamento comercial ou cadastrar-se para receber as notícias pelo Whatsapp.