21/03/2020 às 16h04min - Atualizada em 21/03/2020 às 16h37min

PREFEITURA PUBLICA DECRETOS PARA COMBATER O CORONAVÍRUS EM ARARAS

Dentre as medidas estão a recomendação de isolamento domiciliar, implantação das unidades de saúde sentinelas, fechamento das repartições públicas; suspensão de algumas atividades comerciais, além do cancelamento de eventos privados e suspensão do corte de água e energia elétrica por 60 dias

- Da redação
Com informações da Secom/PMA
PFarma
O prefeito Junior Franco (DEM) anunciou na sexta-feira (20) e neste sábado (21) os Decreto Municipais nºs 6.660 e 6.661 de 2020, com várias medidas emergenciais envolvendo os setores público e privado. Essas ações foram decididas pelo Comitê Governamental de Crise do Covid-19 de combate ao coronavírus (covid-19).
 
Acompanhado pelo secretário da Saúde, Itacil Luiz Zurita Filho, além do vice-prefeito e presidente do Saema, Carleto Denardi, e do secretário de Governo e Relações Institucionais, Felipe Castro, os pronunciamentos tiveram  transmissão ao vivo pelo Facebook da Prefeitura.
 
Nenhum caso foi registrado em Araras. Até sexta-feira (20) a cidade havia recebido 8 notificações. Seis casos suspeitos de infecção aguardavam os resultados dos exames e dois foram descartados. Entretanto, a tendência é que a doença se espalhe pelo interior paulista, pelo fato de São Paulo ser o Estado com o maior número de casos no Brasil.
 
A Secretaria Municipal de Saúde implantou seis unidades sentinelas de atendimento emergencial, contarão com médicos, enfermeiros e agentes de saúde. O atendimento prioritário será a pacientes com problemas respiratórios - como falta de ar - e febre, sintomas característicos de doenças gripais graves, como as provocadas pelos vírus H1N1, Influenza A e B e covid-19 (coronavírus).
 
As unidades irão funcionar, neste fim de semana, em tendas montadas na área externa da UPA 24h Elisa Sbrissa Franchozza (José Ometto 2) e do Hospital São Luiz (Centro), das 7h às 17h. A partir da semana que vem, as unidades sentinelas se estendem também aos PSFs Eva Cruz (Narciso Gomes), Vital Pacífico Homem (José Ometto 4), Bento Feres (Jardim Dom Bosco) e Francisco Nicola Cascelli (Parque das Árvores), com atendimento das 7h às 22h.
 
“Estamos preocupados com a possibilidade do aumento de casos da doença no Brasil e temos que fazer nossa parte, aqui em Araras. A melhor recomendação é o isolamento domiciliar e evitar contato com pessoas que tenham algum sintoma”, declarou o prefeito Junior Franco.
 
Veja algumas medidas emergenciais constantes no Decreto Municipal nº 6.660, anunciadas na sexta-feira (20):
  • Fechamento e suspensão do atendimento público em todas as repartições da Prefeitura;
  • Rodízio de servidores e dispensa de pessoas maiores de 60 anos, gestantes, lactantes e portadores de doenças crônicas;
  • Implantação das unidades de saúde sentinelas;
  • Manutenção dos serviços públicos, como a coleta de lixo e entulho e a redução dos horários do transporte coletivo;
  • Suspensão do prazo da solicitação de isenção do IPTU;
  • Suspensão das aulas em toda a Rede Municipal de Educação, com a dispensa de todos os servidores;
  • Suspensão do corte de água de inadimplentes para evitar o fluxo de pessoas no Saema;
  • Recomendação de isolamento domiciliar.
  • (Clique aqui para ver o decreto na íntegra)
 
E as outras medidas anunciadas neste sábado (21):
  • Suspensão das atividades em academias, clubes, escolas, clubes de lazer, comércios em geral, funcionamento de bares, restaurantes e lojas de conveniência, que poderão realizar serviços internos para atendimento de serviço de delivery e entrega dos produtos;
  • Farmácias, supermercados, postos de gasolina, quitandas, padarias, gás e água, petshops e clínicas veterinárias serão mantidos por se tratarem de comércios e serviços essenciais à população. Contudo, devem  restringir o atendimento ao público, recomendando a entrada de apenas 01 (um) integrante de cada família dentro dos estabelecimentos e adotar medidas de prevenção e higiene;
  • Redução de 50% da frota dos ônibus do transporte coletivo (TCA) e bloqueio dos cartões de alunos da rede municipal e estadual de ensino e de pessoas com mais de 60 anos;
  • Os bancos poderão funcionar redobrando os cuidados com a higiene e a limpeza;
  • Hotéis estão proibidos de receber novos hóspedes;
  • Cancelamento de eventos privados, sociais, esportivos, culturais e religiosos;
  • Suspensão do corte de água e energia elétrica por 60 dias;
  • Recomendação de isolamento domiciliar.
  •  (Clique aqui e veja o decreto na íntegra)
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é favorável à reabertura do comércio em Araras?

31.7%
66.8%
1.5%
FALE COM O INDEPENDENTE
Seja Bem-Vindo(a)!
Através deste canal você pode entrar em contato conosco, sugerir pautas, fazer reclamações, falar em nosso departamento comercial ou cadastrar-se para receber as notícias pelo Whatsapp.