14/06/2019 às 17h28min - Atualizada em 14/06/2019 às 17h28min

ARARAS VIVE EPIDEMIA DE DENGUE E CASOS CHEGAM A 504

Governo continua omitindo o termo em seus comunicados; O Independente já havia alertado sobre a gravidade

- Da redação
SECOM / PMA
O Independente

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou nesta sexta-feira (14) que a cidade tem 504 casos de dengue confirmados em Araras. Desse total, segundo balanço divulgado pelo setor de Endemias, 477 são autóctones (contraídos no município) e 27 importados. Além disso, outros 27 pacientes aguardam resultado de exame para diagnóstico e 280 suspeitas foram negativadas após análises clínicas.

O município declarou situação de emergência – quando há alto risco de proliferação da doença - no dia 15 de maio, como informado pela Prefeitura, depois que a cidade atingiu 199 casos autóctones da doença.

O que causa estranheza é o fato do governo ainda não tratar o assunto como uma “epidemia”, omitindo o termo em seus comunicados oficiais. Entretanto, a crise epidêmica já era uma realidade, conforme O Independente noticiou em matéria publicada no último dia 04. 

A epidemia é declarada quando o número de casos positivos alcança a marca de 300 para cada 100 mil habitantes. O índice técnico aplicado para apuração da doença nos municípios é 0,003 multiplicado pelo número de habitantes.


De acordo com o levantamento do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em 2018, a população em Araras foi calculada em 132.943. Desta forma, a “conta” a ser feita e compreendida é a multiplicação do número de habitantes (132.943) pelo índice (0,003). O resultado será 398. Isso significa que ao atingir este número, o município já estaria em situação epidêmica.

Os principais sintomas de dengue são febre alta com início súbito (entre 39º a 40º C); forte dor de cabeça; dor atrás dos olhos, que piora com o movimento deles; manchas e erupções na pele, pelo corpo todo, normalmente com coceiras; cansaço; moleza e dores no corpo, ossos e articulações; náuseas e vômitos; tontura e perda de apetite e paladar.

Os postos de saúde estão equipados para atender a população, em caso de necessidade de hidratação endovenosa. Além disso, a Santa Casa de Araras e a UPA (Hospital Elisa Sbrissa Franchozza) funcionam 24 horas para situações emergenciais.

A Secretaria Municipal de Saúde também disponibiliza testes rápidos para diagnósticos da dengue no Centro de Saúde 2 João Geraldo Noronha, que fica ao lado do Corpo de Bombeiros.

Link
Notícias Relacionadas »

Você irá tomar a vacina contra a covid-19?

100.0%
0%
0%
FALE COM O INDEPENDENTE
Seja Bem-Vindo(a)!
Através deste canal você pode entrar em contato conosco, sugerir pautas, fazer reclamações, falar em nosso departamento comercial ou cadastrar-se para receber as notícias pelo Whatsapp.